O técnico Reinaldo Rueda, que conquistou a Libertadores de 2016 com o Atlético Nacional, foi contratado em Agosto, após a diretoria ter demitido o seu antecessor, Zé Ricardo. Porém, apesar de ter chegado à final da Copa do Brasil, o Rubro-Negro vem caindo de produção.

Após mais uma derrota, nessa quinta-feira (17), para o Coritiba, a vaga para a Libertadores de 2018 ficou mais difícil. O Flamengo está em sétimo colocado no Campeonato Brasileiro e tem apenas uma vitória nos últimos seis jogos.

O comandante rubro-negro não escondeu a insatisfação com essa fase e desabafou após a partida: “Não tenho palavras para explicar a derrota. O Flamengo tenta, mas não tem contundência para conseguir. Tem uma parte mental difícil de explicar por toda a pressão que há sobre a equipe. Perdemos jogadores importantes, sobretudo a ausência do Réver na defesa.”

Nos bastidores, os dirigentes estão temendo que o treinador abandone o barco caso o time não se classifique para as finais da Sul-Americana. Vem sendo falado que o treinador está encontrando resistência de alguns atletas experientes do elenco, porque estes não estão aceitando a rotatividade do plantel e o espaço dado aos mais jovens nesse momento crítico.

LEIA MAIS:  Diego Alves mostra liderança mais uma vez no Flamengo