Cueva será multado pela diretoria do São Paulo por ter se reapresentado com atraso após defender a seleção peruana no meio da semana. Apesar de o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva ter despistado e dito na chegada ao estádio do Pacaembu que não havia deliberação para isso, internamente o caso foi resolvido com rigidez e haverá punição.
O camisa 10 começou como opção no banco de reservas na partida deste domingo, contra o Botafogo, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Cueva jogou na quarta à noite pela seleção do seu país contra a Nova Zelândia. Nas outras convocações, ele sempre retornava no dia seguinte para se reapresentar ao clube do Morumbi.

Cueva será multado pela diretoria do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli) Cueva será multado pela diretoria do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)
Cueva será multado pela diretoria do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)
Desta vez, foi combinado que ele ficaria mais um dia no seu país antes de voltar. Com isso, chegaria ao Brasil na noite de sexta para treinar normalmente no sábado no CT da Barra Funda. Só que isso não aconteceu.
Além de não aparecer conforme combinado, o jogador não deu nenhuma justificativa. Quando retornou, ainda no sábado, entrou em contato com o clube e a decisão de relacioná-lo ou não partiu do técnico Dorival Júnior, após uma conversa com sua comissão técnica, com a diretoria e com o grupo de jogadores.

LEIA MAIS:  Gigante da Série A acerta salário de R$600mil com meia, Thiago Neves