O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, quer que o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, seja um dos oito vice-presidentes da entidade a partir de eleições que ocorrem em abril de 2018. O objetivo de Del Nero é frear a tentativa da oposição que não quer sua reeleição.

Segundo o portal Terra, a possibilidade de Bandeira ser vice da CBF é tratada com sigilo e as negociações tem sido feitas por interlocutores do presidente. Oficialmente, a CBF e o Flamengo negam o interesse.

O site também afirma que, nas últimas semanas, Del Nero conversou com alguns aliados em seu gabinete que seria importante para ele ter um representante dos clubes de outro estado sem ser São Paulo. Vale lembrar que os clubes paulistas, junto com a federação local, não se opõem à CBF.

Bandeira de Mello já foi chefe de delegação da seleção brasileira, mas também já se opôs à Confederação em diversos temas, como na exigência de CNDs aos clubes e a formação da Copa da Primeira Liga.

LEIA MAIS:  Paolo Guerrero tem pena reduzida