Viver e jogar futebol na Rússia já foram tormentos na vida de Vitinho. A distância da família e dos amigos, o novo idioma, o frio e um futebol bem diferente do que é jogado no Brasil trouxeram medos ao talentoso e promissor atacante. Isso foi em 2013, quando o CSKA Moscou pagou a multa rescisória de 10 milhões de euros (R$ 31,6 milhões na cotação da época) ao Botafogo.

Aos 19 anos, Vitinho era titular do Alvinegro e estava em clara evolução. Um cenário muito diferente daquele que encontraria em Moscou. Jogou pouco, não teve destaque e decidiu voltar ao Brasil em janeiro de 2015.

O Flamengo tem interesse no jogador e não descarta possibilidades de fechar com o atacante em 2018, o salário do jogador seria de R$500mil mensais, será que rola?!

– Foi difícil por estar sozinho, não ter muito o que fazer, uma rotina muito monótona de treinar e voltar para casa. Isso me deixou um pouco triste e em alguns momentos eu não tive sabedoria para administrar – contou.

O empresário do atacante Vitinho confirmou as negociações e garantiu que o jogador está focado em ajudar o CSKA Moscou nesta temporada, mas não descarta uma possível transferência do jogador ao final da temporada. Vitinho que teve uma grande passagem com a camisa do Internacional acredita que está na hora de voltar ao futebol Brasileiro e garantiu que ainda sonha com uma vaga na Seleção Brasileira.

O atacante foi para o Inter por empréstimo e voltou a estampar manchetes no Brasil. Apesar do rebaixamento do Colorado no Brasileiro do ano passado, até conseguiu se destacar. Os olhos do Flamengo brilharam por ele, que é rubro-negro declarado. Mas acabou voltando à Rússia. Agora, garante que está à vontade.

– Achei uma direção para o que eu quero para o futebol, um significado para a minha vida.

Hoje, aos 23 anos, conseguiu virar protagonista do CSKA. Prova disso foi a última rodada do Campeonato Russo. Vitinho fez dois gols e classificou o time para a fase prévia da próxima edição da Liga dos Campeões.

 

LEIA MAIS:  Podolski fala sobre jogar pelo Flamengo: “Todos sabem que eu gosto do time”