Como noticiado anteriormente, o Departamento Jurídico do Flamengo vetou o clube da contratação de Zeca. No entanto, o rubro-negro ainda não desistiu de tê-lo no elenco de 2018, e para isso, cogita envolver jogadores na transação para se livrar de possíveis problemas com o Santos no futuro.

O primeiro nome a ser falado foi o do volante Rômulo, que não fez uma boa temporada vestindo a camisa do Fla. Porém, o atleta que ganha força nos bastidores do clube da Vila é Felipe Vizeu, jovem atacante que foi artilheiro da Copa Sul-Americana de 2017.

De acordo com o repórter Venê Casagrande, do canal Esporte Interativo, a negociação, de fato, esfriou. Mas um fator que pode beneficiar um ‘final feliz’ é o empresa que administra a carreira dos jogadores. Coincidentemente, a OTB é responsável pelos dois atletas.

Briga judicial entre Zeca e Santos
O defensor tem em mãos habeas corpus recebido da justiça, que o libera do Santos para assinar com qualquer clube. A equipe da Vila não realizou o pagamento de FGTS e direitos de imagem ao atleta, por conta disso, Zeca foi à justiça contra o Peixe e conseguiu a liberação.

Apesar disso, o clube paulista ainda recorre em terceira instância e tenta reverter a situação atual. A decisão final será apenas em abril, com isso, o rubro-negro acabou se afastando da negociação, com receio de que o alvinegro atinja seu objetivo na justiça. Caso o Peixe consiga veredito a seu favor, caso algum clube acerte com Zeca, este terá que desembolsar R$ 50 milhões, valor da rescisão contratual do jogador. Enquanto isso, o Girona, da Espanha, que é dos mesmos donos do Manchester City, já negocia com o atleta e pode acertar sua ida ao futebol europeu.

LEIA MAIS:  Fla pode envolver Gabriel em negócio por Fred, garante jornalista