O Corinthians foi campeão mundial em 2012, com um elenco super forte em cima do time inglês do David Luiz, o forte Chelsea, campeão da Champions League naquele mesmo ano. Entretanto, desde então, o time alvinegro de Itaquera se desmanchou. Daquele time titular, o único que continua no Timão até hoje é o grande goleiro Cássio, que foi o herói naquela partida, mas o alvinegro não deixou de ser um clube campeão, até porque o Corinthians é considerado o grande campeão desta década, sendo o time brasileiro que teve hegemonia nos últimos anos.

O Corinthians não está com uma situação financeira muito boa, por isso as opções para reforçar o time na próxima temporada devem ser atletas que estão livres para negociar no mercado, ou seja, aqueles que foram liberados de seus respectivos times e podem ir de graça para qualquer outra equipe neste intervalo de temporada.

Negociações
Neste fim e começo de ano, o mercado da bola fica bastante agitado com todas as equipes buscando Reforços de peso para a temporada que se aproxima. Mais especificamente, quem vem buscando novos atletas para a temporada de 2018 são aqueles clubes que estão classificados para a Copa Libertadores da América.

O Timão foi campeão do Campeonato Brasileiro de 2017 e foi para a Libertadores sendo um dos cabeças de chave da competição mais disputada da América do Sul. Entretanto, o clube ainda não anunciou grandes reforços, mas está negociando com um monte de jogadores.

Como já foi dito, o Corinthians tem problemas financeiros e uma nova opção surgiu no mercado para o clube alvinegro de Itaquera. É ele o ídolo e campeão mundial com o Timão no ano de 2012, o atacante Emerson Sheik, que já tem 39 anos e foi dispensado pela Ponte Preta nesta nova temporada.

Dispensas
A Macaca foi rebaixada no Campeonato Brasileiro deste ano e acabou tendo que fazer uma grande reformulação em seu elenco, por isso já dispensou diversos atletas. Estes também se tornam opções para o Corinthians na janela de transferências, tanto que Lucca, que pertence ao Timão e estava emprestado para a Ponte Preta, voltou ao alvinegro, mas deve ser negociado.

Agora, os torcedores corintianos torcem para que o atleta volte ao clube, não para ser titular, mas sim para dar uma força a mais quando entrar no segundo tempo pelos jogos da Libertadores. É por este motivo também que o técnico Fábio Carille deseja uma negociação, já que seria muito bom taticamente.

LEIA MAIS:  Clube Brasileiro oferece salários melhor que o São Paulo e tem acerto com atacante Calleri