Parece notícia repetida, mas não é. Mais um jogador do Palmeiras pode trocar o clube paulista pelo Atlético-MG. Porém, a negociação de agora tem um peso diferente, pois, ao invés de empréstimo, Róger Guedes pode trocar o Verdão pelo Galo em definitivo. O dinheiro para comprar o atacante, de 21 anos, viria do BMG, parceiro dos mineiros de longa data em algumas contratações.

Uma pessoa ligada ao clube paulista confirmou à reportagem que as conversas estão em andamento, mas que nada foi fechado. No ano passado, o Palmeiras recusou uma proposta do Spartak, da Rússia, pelo jogador. Recentemente, ele foi incluído em uma negociação com o Fluminense, na possível ida de Gustavo Scarpa para o Palmeiras, mas o atacante não teria aceitado se transferir para as Laranjeiras.
O GloboEsporte.com tentou contato com Paulo Pitombeira, agente do jogador, mas não obteve retorno. Pelo que a reportagem apurou, Guedes é um pedido do técnico Oswaldo de Oliveira, que pretende formar um time mais rápido e jovem em 2018.
Em São Paulo, o repórter Felipe Zito apurou que o jogador está em uma lista de disponíveis para transferência. Ele não foi relacionado nos últimos jogos de 2017 pelo Palmeiras. O atacante chegou a ser especulado no Atalanta, da Itália, e no Bétis, da Espanha, mas nenhum dos negócios evoluiu. O Internacional foi outro clube interessado no jogador.

Palavra do BMG e do Atlético-MG
Procurado pela reportagem, Hissa Elias Moysés, diretor do Banco BMG (presidido por Ricardo Guimarães, conselheiro e ex-presidente do Galo), negou que o grupo esteja comprando o atleta, mas ressaltou que se trata de um perfil interessante, já que Róger é jovem e com potencial de crescimento e valorização.
– O interesse tem que partir do clube, que até agora não nos procurou.
O Atlético-MG, por meio da assessoria de comunicação, disse que não comenta nenhum tipo de negociação. O time ainda está sendo montado para a temporada 2018.
A maior parte dos direitos de Róger Guedes pertence ao Criciúma, que não teve os dirigentes encontrados pela reportagem.
Como Róger está?
O repórter Felipe Zito é setorista do Palmeiras no GloboEsporte.com e comenta a trajetória de Róger Guedes no Palmeiras, desde a chegada ao clube, em 2016, até o fim de 2017.
– Foi figura importante do Palmeiras campeão brasileiro de 2016, em um trio ofensivo completado por Dudu e Gabriel Jesus. Procurado por clubes da Europa, viveu altos e baixos na atual temporada e terminou o Brasileirão fora até do banco de reservas. Durante o ano, se envolveu em discussão com Felipe Melo, foi alvo de trote na Academia de Futebol e foi afastado para um período de recondicionamento físico após ter seu comportamento questionado por dirigentes e companheiros. Ele atuou em 51 jogos em 2017 e marcou oito gols. Foi o segundo maior garçom do Verdão no ano, com sete assistências.

LEIA MAIS:  Destaque do Bahia já tem data certa para assinar com o Corinthians