O fato de a partida ser quinta-feira favorece a preparação rubro-negra, que ainda tem importantes missões para uma semana que começa com boas notícias – depois da vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians. Além de Réver, há ainda expectativa – mais remota – de contar com Everton, que faz trabalho intensivo em dois períodos de fisioterapia e ainda não treinou em campo.

O Flamengo está perto de ter seu capitão de volta. Com sequência de pelo menos quatro dias em treinos no campo, Réver depende da evolução física para pintar como opção de volta ao técnico Reinaldo Rueda. O jogador participou, na última sexta-feira, de disputas contra atacantes em treino específico de bola parada e nesta segunda de treino em campo reduzido.

A expectativa é de que até o treino de quarta Rueda decida se volta com seu capitão para a primeira partida contra o Junior Barranquilla, pela semifinal da Sul-Americana, nesta quinta.
Réver sofreu entorse no joelho no primeiro Fla-Flu das quartas de final da competição continental, dia 25 de outubro. A previsão era de tratamento de quatro semanas – exatamente o período até esta primeira partida contra o time colombiano.

Preservados no jogo do fim de semana, Juan, que nem no banco ficou, e Éverton Ribeiro, que entrou no segundo tempo contra o Corinthians e sentia cansaço e dores no adutor nos últimos dias, estão à disposição de Rueda. O Flamengo quer a dupla 100% para a partida que pode valer um desafogo na temporada.

LEIA MAIS:  Adriano Imperador comenta foto de Apresentadora Musa: 'Oi,Tudo bem. Estou Bêbado'